Contactos:

+351 964 296 574 PT EN

+351 927 558 226 PT EN FR

 

Terracrua Design - Odemira, Portugal

  • TCDesign

Monte Verde, Aljezur - Entrega final

Foi com muito prazer que entregámos aos seus promotores, o projecto final para o Monte Verde, Aljezur.


Com uma área com cerca de 2,4 Ha, desenhou-se um projecto com base no design de

Permacultura, onde se pretende valorizar o turismo de natureza e a paisagem, promovendo os processos naturais, de forma a aumentar a formação de solo, a retenção de água, a produção dos espaços verdes e, de uma forma geral, fomentando a sustentabilidade do projecto, sempre em estreita harmonia com a natureza e o meio envolvente.


A propriedade situa-se no Distrito de Faro, Concelho de Aljezur, numa zona rural, onde o clima é

termo-mediterrânico seco a sub-húmido, e onde a temperatura média anual ronda os 17,1oC e a pluviosidade, os 516mm. Caracteriza-se por um microclima ameno, pela inexistência de picos térmicos e pela incidência de luz solar durante todo o ano, sendo que os Verões se apresentam relativamente suaves, com temperaturas que raramente ultrapassam os 30oC. Tais características constituem um importante elemento, possibilitando a actividade turística durante grande parte do ano. Os ventos dominantes são os do quadrante Norte/Noroeste. Por vezes ocorrem ventos de Sudoeste, principalmente no Inverno, enquanto os de Levante ocorrem com baixa incidência o ano todo. Nas tardes de Verão são comuns brisas marítimas intensas e carregadas de humidade.


A propriedade apresenta variações altimétricas entre os 144 e os 169m, com declives acentuados que oscilam entre os 10% e os 20%, e localiza-se numa encosta exposta a Oeste/Noroeste.


Neste, como em todos os projectos da Terracrua Design, há um grande foco na estrutura ecológica do espaço, ou de que forma repomos a floresta á volta da nossa clareira. O pomar misto com espécies de fruteiras da região e muitas espécies de suporte é um bom exemplo de como instalar uma zona produtiva equilibrada numa paisagem com declives acentuados.

As implementações já começaram, na semana de 10 de Janeiro de 2018, com tritura de estevas e outros matos, salvaguardando as urzes, os medronheiros e sobreiros. Durante os próximos meses vamos coordenar a implementação das terraças, swales, colocação de infraestruturas e plantações das sebes.




249 visualizações